Advogado que deu salto mortal dentro de Tribunal do Júri tem veículo incendiado. VÍDEO EM ANEXO.

Advogado que deu salto mortal dentro de Tribunal do Júri tem veículo incendiado. VÍDEO EM ANEXO.

POSTADO POR AMO DIREITO

goo.gl/cH6nNu | Em Curitiba, no Paraná, uma cena exclusiva foi filmada por uma participante que estava em um julgamento, e o ator da cena foi o famoso advogado paranaense, Amauri Santos da Silva Junior. Conhecido como “Doutor Ninja”, o advogado curitibano fez uma interpretação inusitada: terá sido o 1.º salto mortal do mundo na frente dos jurados. O advogado, que estava defendendo a vítima, apelou para mostrar que a mesma era inocente, mas a forma como ele fez isso foi muito hilária, e o vídeo tomou uma proporção gigante nas redes sociais e dentro do mundo jurídico.

No vídeo, o advogado está juntamente com um amigo de trabalho defendendo uma vitima de acusação de homicídio; na tese deles, a vítima só estava acompanhando o assassino. Amauri dá um mortal de costas, cai de pé e pergunta: “Se isso aqui fosse crime e meu sócio não soubesse, ele iria ter que ser punido também?” A estratégia era fazer uma demonstração inocente, mas o que ele conseguiu foi só criar polêmica pelo ato, não entendido por muitos no local.

Após essa cena inusitada, o que aconteceu depois foi mais entranho ainda: o veículo de Amauri, um fusca ano 73, foi incendiado em frente a seu escritório, e se encontra abandonado no lugar. Segundo ele, o carro vai ficar no local até que o responsável pague pelo que fez e o lhe dê outro.

O maior problema é que a vizinhança está incomodada com o veículo abandonado no local, mas o advogado insiste em deixar o veículo lá até que o problema seja resolvido judicialmente.

Amauri desconfia que a repercussão da cena no mundo jurídico despertou “inveja” entre os colegas de trabalho, e afirma que já sabe quem foi que fez o ato, e consequentemente está tomando suas providências na Justiça. Entretanto, os moradores insistem que o advogado deve retirar o veículo do local, mas ainda nada foi feito.

O caso foi para a Justiça e ainda não se sabe qual a decisão que será tomada; todos o que passam no local não entendem nada, sendo que o caso foi parar na televisão depois do vídeo se tornar viral na internet.

Fonte: br blastingnews

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s