O QUE A FACULDADE DE DIREITO NÃO ENSINA PARA O ADVOGADO

5 coisas que a faculdade de direito não ensina para um advogado 08

5 coisas que a faculdade de direito não ensina para um advogado.

É bastante comum achar que após a conclusão do curso de graduação um advogado sairá pronto para abrir seu negócio e munido de todas as informações necessárias para alcançar o sucesso. Na verdade, o cenário é bem diferente: existem inúmeras coisas que a faculdade não aborda como deveria — e todo mundo pode perceber isso assim que entra no mercado de trabalho.

Pensando nisso, preparamos esta lista com 5 coisas que a faculdade de direito não ensina para um advogado. Confira!

Como conquistar clientes

Não é comum pensar no Direito como um empreendimento, e, por isso, as faculdades não se preocupam em ensinar técnicas para conquistar e fidelizar clientes — apesar de essa ser a chave do sucesso para qualquer advogado.

Para atrair novos clientes, escutar é essencial: se um cliente potencial te procura com um problema (muitas vezes íntimo), é importante que você ouça com atenção o que ele tem a dizer e entenda exatamente quais são suas demandas. Depois, é hora de pôr em prática suas habilidades comerciais: sabendo das expectativas do cliente, convença-o de que você é capaz de ajudá-lo da melhor maneira. Saber vender seus serviços é parte essencial de conquistar novos clientes e fazer seu negócio prosperar.

Como calcular os honorários

Apesar de ser algo com que todo o advogado lidará no futuro, as faculdades não costumam ensinar como calcular honorários advocatícios. Ninguém tem dúvidas de que a remuneração do advogado é importantíssima, afinal, ela é responsável pela manutenção do escritório e do próprio profissional.

À primeira vista, precificar seus serviços pode parecer complicado, mas a verdade é que se trata de um cálculo simples. O primeiro passo é fazer um levantamento de todas as despesas e rendas do seu escritório, sejam elas fixas ou variáveis, dessa forma, você terá plena noção do quanto é necessário cobrar para manter seu negócio. Depois, é preciso encontrar um equilíbrio entre os preços praticados no mercado, os custos de manutenção do seu escritório e o real valor entregue ao cliente com seus serviços.

Administrar o tempo

Uma das características do advogado eficaz é a capacidade de administrar bem o tempo. Como é um dos recursos mais limitados de que dispõem, é importante se dedicar ao seu gerenciamento — e, mais uma vez, a faculdade de Direito não se dedica a esse ponto.

Para gerir esse recurso, é importante ter consciência da forma como ele está sendo utilizado: descubra em que pontos ele é bem aproveitado e onde é desperdiçado. Assim, você pode eliminar os pontos em que há desperdício e otimizar a utilização desse recurso. Também é possível aproveitar a tecnologia para agilizar o funcionamento do seu escritório: atualmente, existem inúmeros aplicativos e sistemas que automatizam processos antiquados, gerando uma economia de tempo (e de dinheiro) considerável.

Promover o escritório

Promover um escritório de advocacia pode ser uma tarefa complicada, tendo em vista as inúmeras restrições impostas pelo Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil — estas, sim, devidamente aprendidas durante o curso de graduação. O que não nos ensinam são as alternativas para divulgar legalmente os serviços de maneira eficaz.

O marketing digital pode ser um grande aliado dos escritórios de advocacia. Investir em um perfil em redes sociais como o LinkedIn, criar um site que ofereça todas as informações sobre o negócio e produzir conteúdo em blogs: tudo isso ajuda a atrair clientes e interessados nos seus serviços de advocacia.

Fazer a gestão de pessoas

Um escritório é uma organização que envolve diversos colaboradores e, por isso, pode ter diversos problemas relacionados à própria natureza humana: conflitos interpessoais, falta de motivação, falhas de comunicação, dentre muitos outros.

Por isso, é importante que um profissional do Direito se dedique à gestão de pessoas. Ouvir os problemas da equipe e fazer o melhor para superá-los, agir como um líder e inspirar a equipe em prol de um objetivo comum, saber escolher seus colaboradores: todas essas são habilidades que devem ser desenvolvidas para uma boa gestão do escritório.

Gostou do nosso artigo? O que mais você acha que a faculdade de Direito não ensina para um advogado? Deixe seu comentário abaixo e divida conosco suas opiniões!

FONTE:  IF  INFORMADOR FÁCIL

 

Anúncios

2 comentários em “O QUE A FACULDADE DE DIREITO NÃO ENSINA PARA O ADVOGADO

  1. Olá amigo, parabéns pelo artigo! As dicas foram demasiadamente valiosas.

    Outra coisa que sinto falta no meio acadêmico, ao menos na graduação em direito, é a inexistência de cadeiras e/ou experiências que envolvam o empreendedorismo e gerenciamento de recursos humanos.
    O que é o advogado senão um empreendedor jurídico de seu negócio em busca da satisfação de seus clientes, sob a égide da aplicação justa da norma?
    Além disso, a própria função de juiz demanda conhecimentos muito além dos dispostos na doutrina, lei ou jurisprudência.
    Um juiz como administrador da vara em que trabalha, monitorando e administrando pautas de audiências e demais atos burocráticos que envolvem o dia-a-dia de um fórum, claro sempre com o apoio dos servidores – que também precisam de treinamento acerca do tema, principalmente pelo fato de serem os responsáveis por por em prática os atos administrativos do juiz.
    Abraço.

    Curtir

    1. PREZADO HENRIQUE
      BOA NOITE
      Boa observação do colega, de fato além das observações do artigo em comento falta outras como as sugeridas pelo colega.
      O que fazer? Acredito que o amigo poderá enviar estas sugestões para sua OAB sugerindo que esta abrace estas causas e até agregada as que estão no artigo para que o Ministério da Educação tomes medidas neste sentido.
      Continue assim observando e sugerindo, porque são estas proposta que melhoram o ensino no Brasil.
      UM GRANDE ABRAÇO
      ROBERTO HORTA

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s