Cliente e advogado são presos tentando sacar R$ 70 mil de cheque adulterado na capital

Cliente e advogado são presos tentando sacar R$ 70 mil de cheque adulterado na capital

POSTADO POR AMO DIREIRO FEVEREIRO 2016

http://goo.gl/fQ2gND | O dono da conta corrente e o advogado são acusados de estelionato e foram presos em flagrante, ontem, quando tentavam sacar R$ 70 mil de uma conta corrente em uma agência bancária de Cuiabá. Segundo as investigações da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), o valor de R$ 86 mil foi depositado na conta é proveniente de um cheque adulterado de uma construtora em Minas Gerais.

A dupla é suspeita de integrar uma quadrilha e foi autuada pelo crime de estelionato. As investigações iniciaram quando o gerente do banco Santander desconfiou da movimentação bancária e acionou a equipe da polícia. Os dois suspeitos foram conduzidos à unidade e em checagem das informações foi constatado que o cheque no valor de R$ 86 mil, que entrou na conta do dono da conta, foi preenchido de maneira fraudulenta.

O valor verdadeiro do cheque era de R$ 1.098, pago há dez dias a um vigilante de uma construtora, na cidade de Lavras (MG). Quando ia descontar o cheque em um banco da cidade, a vítima foi abordada por um dos integrantes da quadrilha, que ofereceu a mesma quantia em dinheiro pelo cheque, alegando que a fila estava muito grande e assim o vigilante não perderia tempo.

O cheque teve o valor adulterado e foi depositado na conta do acusado, em Cuiabá. Desde que a quantia foi compensada na conta, o suspeito já havia sacado R$ 16 mil, em pequenos valores. Na terça-feira (16), o dono da conta retornou ao banco para tentar sacar R$ 70 mil, mas não conseguiu efetuar a transação. Nesta quarta-feira, ele foi ao banco acompanhado do advogado.

Segundo o delegado Mário Dermerval Aravechia de Resende, o advogado é um dos integrantes da quadrilha e foi até o banco para dar assistência jurídica no momento do saque e para garantir que o dono da conta não desviasse o dinheiro, uma vez que o acordo era que ele recebesse 10% do valor do depósito pelo empréstimo da conta.

“Outro integrante da quadrilha já foi identificado e terá o pedido de prisão preventiva representado. As investigações prosseguem para identificação de outros suspeitos e possivelmente de outros crimes”, disse o delegado.

Fonte: Redação Só Notícias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s